W.Arthur.jpg

W. Arthur, Minas Gerais

(conteúdo retirado do portfólio do artista)

SOBRE A SÉRIE

Por muito tempo tivemos nossos desprazeres internos ofuscados por um dia a dia cheio e que era capaz de manter a todos em um modo automático. A quarentena nos fez reclusos e nos deixou cara a cara com o nosso eu interno, a essência que habita a cada um e também os sofrimentos psíquicos que foram por muito ignorados. Agora mais do que nunca é um momento de se permitir, abrir espaço para questionamentos e principalmente não ignorar as feridas que ganhamos ao decorrer de uma rotina estafante mas que de alguma forma trazia um certo alivio, um prazer no desprazer de viver como uma máquina.

Depressão, ansiedades, você faz o que ama?, Você é feliz?, São muitas as perguntas que surgem quando somos obrigados a encarar frente a frente a parte escura existente em nós, e por mais que possa parecer assustador é extremamente necessário conhecer sua sombra para que se possa entrar em paz até mesmo com suas partes divergentes. Nos três trabalhos apresentados proponho a todos que sentem e façam as pazes consigo mesmo, discutam, conversem e argumentem. Quantas vezes teve que se podar em busca de ter aprovação de outros, por quanto tempo se manteve recluso de si mesmo, aprisionando suas divergências ao invés de aceita-las, virando as costas para assustos que apesar de delicados precisam ser apresentados e debatidos.

Conhecimento é necessário para que se tenha uma evolução em compreender as coisas que estão ao nosso redor e dentro de nós, não ignore, ouça, aprenda, questione, evolua! "Convide seus monstros para tomar um café!"

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube