TatyArrudamontagem.jpg

Texto de apresentação dos trabalhos
 

Como podemos reimaginar a justiça, o cuidado, a responsabilidade e a relação entre nós e nossos outros? A água está entre corpos como uma cumplicidade, uma relação.

Sabemos que nós somos pelo menos 2/3 encharcado esponjosos e molhados. E também no sentido gestacional, somos todos corpos de água. Contamos com a água para nossa proliferação.

Se somos todos corpos de água, então estamos conversando diretamente com nosso planeta aquático. Reimagino a perspectiva molhada de nossos corpos como inseparáveis das pressões sociais e o sofrimento planetário.

A superfície da água é uma fronteira, um mergulho de resistência, emergindo através da reflexão onde corpos passados e futuros nadam através de nossos próprios corpos, questionando a coerência desse sujeito-corpo e sua responsabilidade ética com o planeta e seu próximo.

 

MINI BIO

Taty Arruda é uma artista visual brasileira, licenciada em Fotografia pela Associação Brasileira de Arte Fotográfica do Rio de Janeiro, formada em Direção de Fotografia pela Academia Internacional de Cinema no Rio de janeiro e que vive e trabalha entre Portugal e Rio de Janeiro..

Em 2021 desenvolveu sua pesquisa no mestrado da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP), baseada na relação entre a pintura e a imagem fotográfica, com ênfase na reflexão das temáticas do feminino, do corpo e da política, relacionando-as com noções de intimidade e visibilidade na arte contemporânea.

A artista apropria-se de linguagens como a fotografia e a pintura para construir sua narrativa. Suas pinturas se voltam para seu espaço interior, questionando símbolos estereotipados de feminilidade, convidando o espectador a questionar os papéis femininos tradicionais na sociedade. Já realizou exposições no Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói) e Portugal (Porto e Açores).



(informações retiradas do portfólio da artista)