19 Sonia Wysard.jpg

SONIA WYSARD, Rio de Janeiro

(conteúdo retirado do portfólio da artista)

Texto Série DROWNED
 

Drowned dá continuidade à pesquisa da sobreposição do azul, do vermelho e do roxo (mistura dos dois primeiros) de forma diluída, em veladuras, havendo uma interação entre elas, mesmo estando separadas. Essa comunicação de cores não impede de se ver o que foi delineado anteriormente. Existe uma intenção no espaço, nessa linha limite formada entre a cor e a imagem, meio pedra - meio água, deixando escapar estrias e falhas para serem preenchidos pela cor. Aqui ele se dá no processo pictórico, nas camadas e no fazer.
Um tríptico (170 x200cm cada tela) onde a tela central é o encontro das 2 cores.
Essas telas podem eventualmente formar uma instalação pictórica.

A Série "Paisagens Insuspeitas" segue na pesquisa dos limites da visão, do apagamento, nas velaturas, na luz quase camuflada, nos desafios da tradição da abstração e suas possibilidades contemporâneas. Aparecem manchas insulares, paisagens monocromáticas através dos movimentos do arrastar da tinta sobre o suporte e das camadas fluídas que se acumulam sem apagar os movimentos das trinchas gigantes e rodos. Essas imagens insuspeitas se formam como se provocasse o caráter autocentrado da abstração,

MINI BIO

 

Sonia Wysard é natural de São Paulo, mas vive e trabalha no Rio de Janeiro. Gradua-se em Ciências Biológicas, em 1981, pela Universidade Gama Filho, lecionando por 25 anos em escolas públicas. No ano de 2002, já aposentada, graduação em Design de Interiores, pela Universidade Estácio de Sá. Em 2007, inicia sua formação artística na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Participa de várias exposições coletivas desde então.

 

Em 2013 faz sua primeira exposição individual na ÖKO Galeria de Arte Contemporânea, em 2018 na Galeria de Artes UFF, em 2019 no Centro Cultural Justiça Federal e em 2020 no Museu de Arte de Blumenau.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube