# 00   Sara FIGUEIREDO . Inacessíveis

Sara Figueiredo parte da arquitetura e desenvolve seus trabalhos em multi-meios, tendo sempre em conta, a sua relação com o espaço. Faz da impossibilidade o seu método de trabalho. Em suas arquiteturas, cria uma lógica particular para as suas construções, deixando a parte a praticidade, em razão dos valores estéticos, acabando por evocar incômodos visuais, de ordem física e psicológica, revelando inclusive, o que de certa maneira, tangencia a postura perversa e funcional da contemporaneidade. Os espaços e situações criados por ela nos fazem viajar na transmutação da utilização prática pela função estética. Atualmente o projeto desenvolve suas atividades dentro da plataforma virtual, mas leva em consideração uma de suas aspirações, que é – a transposição ao ambiente físico. Dentre seus objetivos-chave, o “Eixo” se coloca como um meio de promoção de produções recentes, igualmente carregadas de frescor e originalidade, onde, ao passo que cada exposição virtual for ocorrendo, serão criados os respectivos portfolios dos artistas, visando além da promoção de seus trabalhos, um meio de comercialização de suas obras.

 

Filipe Farias, Crítico e Historiador da Arte.

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle