SandraCrivellaromontagem.jpg

TRABALHOS

Explora a liminaridade. Um espaço intermediário entre o abandono da vida anterior e o começo de uma nova, num tempo provisório, para se redefinir. Um lugar que se quer estar mas não se alcança.

Se atrai pelos momentos do nascer e pôr do sol, em que temos uns minutos que tudo muda de cor, o contraste entre a luz e a escuridão, o momento mais propício para se dar a consciência.

Usa uma concepção de composição arquitetônica que consiste em ver a natureza de acordo com suas formas fundamentais. Ela se preocupa mais com a captura dessas formas, do que com a representação da realidade e usa as cores como sensações deste lugar ilusório. E com este jogo de formas geométricas e orgânicas explora a natureza e cria paisagens às vezes utópicas.

As cores se misturam suavemente e se alternam com cores complementares para ajudar a nos fazerem sentir realmente como se estivéssemos em um tempo suspenso.

Entardecer imaginário 

Díptico. Óleo sobre tela. 90x90 cm cada. 2021. Valor: vendida.

 

Quatro elementos

Díptico. Acrílica e óleo sobre tela. 92x73 cm cada. 2021. Valor: vendida.

 

Paraíso 1

Acrílica sobre tela. 146x114cm. 2020. Valor: vendida.

 

Paraíso inventado

Óleo sobre tela. 120x120 cm. Valor:R$5.000,00.

 

Paisagem urbana

Pintura digital. 60x50cm

 

Sem título 1

Pintura digital. 50x50cm.

 

Sem título 2

Pintura digital. 50x50cm.

 

Sem título 3

Pintura digital. 50x50cm.

MINI BIO

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP e Design Visual na Itália (Scuola politecnica de Design em Milão), Sandra Crivellaro trabalhou por mais de 10 anos como designer gráfica e diretora de arte em algumas das mais importantes revistas do Brasil, no Grupo de Abril. Em 2014 começou a trabalhar em seu próprio ateliê itinerante, que foi de São Paulo para Brasília, passou por Santiago, no Chile e por Madri, na Espanha, onde desenvolveu pinturas, gravuras e projetos exclusivos, estampando a sua arte na moda, decoração, rótulos de cerveja, entre outras superfícies para clientes de todo o Brasil.

Em Madri de 2018 a 2021, além de desenvolver novos projetos e pinturas, continuou os seus estudos de história da arte dentro dos museus do Prado, Thyssen, Reina Sofia e fez algumas aulas e pesquisas na Universidade Complutense de Madrid.

Fez parte da galeria El clube de las mujeres (in)visíbles e expos algumas obras na sua primeira coletiva em março de 2021, no Hotel Only You, em Madri, Espanha.