Rafaela Jemmene.jpg

RAFAELA JEMMENE, São Paulo

(conteúdo retirado do portfólio da artista)

SOBRE A SÉRIE

A proposta é uma série formada por oito fotografias, que foram realizadas no ano de 2016, no espaço do Matadero Madrid, localizado na cidade de Madrid na Espanha. O dia estava muito ensolarado, e os desenhos que as sombras formavam dos prédios que compõe o complexo arquitetônico do Matadero foi o norteador das fotos. Posteriormente estas fotografias foram manipuladas digitalmente, os prédios foram tirados da imagem e somente as sombras ficaram. Extrair a arquitetura com a intenção de deixar somente seu índice, deixar somente a marca da existência de um lugar que em outros tempos abrigou a dor e a morte, pois foi construído para ser um matadouro de animais. A manipulação trouxe ao trabalho uma visualidade gráfica, com o intuito de clarear o pensamento de que a memória é também formada por aquilo que não está, por aquilo que já esteve, mas que no momento é ausência.  E traz à tona seus indícios, suas marcas de passagem.

MINI BIO

Artista visual, Artista-educadora, Doutora e Mestre em Artes Visuais pela UNICAMP. Desde 2005 participa de exposições em salões de arte, galerias e espaços culturais, no Brasil e no exterior. Idealizadora e uma das organizadoras da plataforma de arte impressa “sobrelivros” (2010-2017). Participa dos Grupos de Estudos: “Pesquisas e Projetos Gráficos: entre livros de artista, gravuras e memórias” e “Estudos sobre Arte Pública- Brasil”, ambos da UNICAMP. Vive e trabalha em São Paulo.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube