Mariana Kobal.jpg

MARIANA KOBAL, São Paulo

Fotografia

SOBRE OS TRABALHOS

RESPIROS ESTÁTICOS, 2020

“Respiros Estáticos” é uma séria composta por fotografias capturadas durante o período da pandemia de 2020, onde a artista procurou, em seus momentos de reclusão, respiros de vida em momentos de isolamento.

As fotografias são apresentadas em preto e branco como forma de apreciação das formas, movimentos, quietudes e solidão do estático... da beleza calada pela falta de olhares em um mundo em quarentena.

Como é possível haver respiro naquilo que está estático?
(*Obs.: A série é composta por 10 imagens, e aqui, estão apresentadas três delas.)

HURT FEELING, 2021

"Gritos, berros, choro, raiva...
Somente diante da médica é que percebi o abandono. O meu abandono.
Eu me abandonei. Abandonei a minha saúde, abandonei a minha alegria, abandonei a minha auto-estima. Resisti, questionei, não acreditei. Feridas abertas.
Após alguns meses, já me encontro equilibrada, mas continuo enfrentando, diariamente, os sentimentos que

tentam me abater, que tentam me trazer à raiva, que tentam me fazer cair."

A série expõe as ansiedades trazida por um ano atípico, onde todos, de alguma forma, precisaram superar dificuldades e aprender com os momentos de dúvida. Nesse ano, a arte permitiu me expressar, exorcizar... A arte permitiu me respirar!

MINI BIO

Mariana Kobal, nascida em São Paulo - Brasil, é bacharel em Química e fotógrafa iniciante em fotografia artística e fine art.

Dedica-se à macro-fotografia e foto performance, e desenvolve seu trabalho autoral focando em explorar formas, cores (ou falta delas!) e detalhes relacionados à natureza e ao mundo ao seu redor, como forma de tornar perceptível o invisível do cotidiano.

Em ensaios recentes, ela têm-se utilizado de técnicas experimentais, como pinhole digital, para expressar-se como indivíduo e descobrir-se e afirmar-se como mulher, artista e mãe.

Atualmente reside em Michigan, Estados Unidos.

Facebook - Mariana Kobal Instagram - @marianakobal

 

(Texto extraído do portfólio do artista)

 

Observação da organização:

Os trabalhos expostos na exposição virtual, podem sofrer alterações de tamanho para não ficarem prejudicados a visualização pela web.

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube