Marcella Moraes.jpg

bioma brasiliana, 2020-2021

série de colagem de atlas sobre papel 24x32cm


A série Bioma Brasiliana são paisagens construídas a partir de mapas, gráficos e fotografias do território brasileiro retirados de atlas escolares e cortados, sobrepostos e colados sobre o papel.  Cada colagem equivale a edição anual de um atlas. Contendo mapeamento dos impactos ambientais causados pela ação humana, climas controlados por massas de ar, uma série de fotografias de céus de diferentes lugares do Brasil, um ao lado do outro, imagens de cidades e estados modificados, representação de relevos, alteração do clima, exploração da vegetação natural, uso da terra e encontros de rios com percursos outros. As imagens retiradas dos atlas perdem suas legendas originais e uma outra aparece na medida em que apresento o conjunto de paisagens que abrange um arco de tempo maior.  Fica possível identificar uma mutação nas cores das paisagens de cada ano em função das mudanças climáticas devido essas cores terem um certo padrão de leitura visual, como áreas em verde significam locais com vegetação e áreas em tons terrosos a sua ausência. Desse modo, a série Bioma Brasiliana se torna um índice das alterações climáticas, ecológicas e geográficas e abre a possibilidade para refletirmos sobre a mutação da paisagem nesse urgente período que nos encontramos. 

 

MINI BIO

(Rio de Janeiro, 1991)

Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil. Artista Visual e Pesquisadora no Mestrado em Linguagens Visuais pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGAV/EBA/UFRJ). Pesquisa os novos índices de natureza, a mutação da paisagem, clima, habitação humana e não humana e políticas da terra. Buscando novas maneiras de lidar com a Terra no atual regime climático.