GiselleParno.jpg

TRABALHOS

Série "Intervenção Cerceamento"

O projeto Cerceamento, ampliar a visualização da ação e trazer a rua para dentro do espaço de cultura, além de promover a integração entre artes canônicas e a cultura popular do tecer.

Carlos Drumond de Andrade - 27 de dezembro de 2019.

Intervenção.

Princesa Isabel - 02 de setembro de 2021

Intervenção.

Educação, 2012 - 2021

Bordado sobre fotografia de aldeia indigena Truká em Pernambuco, papel 100% algodão, 20x25 cm.

Lobo Guará, 2012 - 2021

Bordado sobre fotografia, papel 100% algodão, 30x40 cm.

Maternidade Florida- 2019

Yarnbombing de flores de camelias e corações de crochê na estátua Maternidade na Praia de Botafogo/RJ.

sobre:

Camellias foram usadas como símbolo dos abolicionistas e os corações simbolizam a maternagem.

Mulher Quilombola, 2017-2020

Bordado sobre papel 100% algodão, 20x25cm cada.

sobre:

Mulher Quilombola é uma alusão às possíveis versões de realidade. O bordado sobre a fotografia da entrada para o Quilombo Conceição das Crioulas em Pernambuco mostra a mulher com o balde d ́ ́agua e a mulher que celebra sua graduação.

Ultrapasse Limites, 2017-2021

Bordado sobre fotografia tirada em Campos dos Goytacazes, papel 100% algodão, 20x25cm cada.

MINI BIO

Uma mistura de descendentes de escravizados e artistas plásticos finlandeses, cresci entre pinturas, tapeçarias finlandesas e quadros de marchetaria. Oceanógrafa e doutora geocientista, com ênfase em Geoquímica Ambiental pela UFF (2009), trabalhou como pesquisadora durante muitos anos em estudos relacionados aos microrganismos marinhos e aos gases de efeito estufa. Depois de um momento de vida difícil, iniciou, em 2014, um coletivo que propõe resgatar e propagar a arte de tramar fios e lãs com irreverência e diversão, utilizando as técnicas de crochê e tricô. Em 2015 iniciou aulas de pintura e desde 2016 tem se aventurado pelo mundo das artes plásticas, procurando misturar diversas técnicas em minhas obras, como fotografia, crochê, tricô, bordado.