top of page
ClarissaRibeiroMONTAGEM.jpg

TRABALHOS

Série “Reflexos em vidro”

Considero a estranheza que os espelhos são capazes de provocar em nós. Comento a importância de não podermos nos ver diretamente. A função simbólica é destacada como promotora da possibilidade do desaprisionamento do espelho. Questiono também se o mundo interno reluz no espelho.

 

Reflexos em Vidro 1 - 2017

fotografia

 

Reflexos em Vidro 2 - 2017

fotografia

 

Reflexos em Vidro 3 - 2017

fotografia

MINI BIO

Atriz e bailarina desde a infância e apaixonada pelas artes que sou, venho me dedicando à fotografia de shows e teatro, algo que foi acontecendo naturalmente na minha vida, eu já estava envolvida com a fotografia de palco, só não tinha me dado conta que isto se tornaria profissão. O palco é o lugar por muitos, inclusive eu, considerado sagrado, pois é onde acontece o encontro do artista com a arte e o público. No palco, a liberdade é impassível e dominada por emoções, é transparente ao público, seja o palco de um teatro, de uma casa de shows, seja um espetáculo teatral, musical, operístico ou de dança. A fotografia de espetáculos captura o instante em que o objeto aparece no universo do fotógrafo, retratando assim os bastidores, ensaios, composições técnicas e as performances ao vivo, dando vida ao mundo do artista, na visão do fotógrafo. O fotógrafo tenta preservar ao máximo a essência do artista e como a sua arte é conduzida, e os recursos na reprodução de imagens são capazes de criar efeitos ou mostrar situações que não são percebidos na cena real.

bottom of page