BiaPortomontagem.jpg
meta meta morfa instalaçãoBia Porto
00:00 / 03:01

TRABALHOS

Meta Meta Morfa (2022) - Instalação e Foto performance

6 fotografias impressas em Papel 90cmx60cm + áudio mp3 - 3 minutos.

Instalação visual e sonora feita a partir de uma série  foto-performática onde a artista traz à tona as sensações do corpo vivo em transformação. Questionamentos em torno da relação entre humano e natureza e o caos contemporâneo / a angústia entre o que há de ser feito e o que pode ser feito para que haja mudança interna/externa é o tema central deste trabalho.

 

MINI BIO

Bia Porto, 1984, vive e trabalha em Campinas, SP. É artista visual formada pela Unicamp [2007] e especialista em arte contemporânea pela mesma instituição [2009]. Sua produção artística é norteada por relatos autobiográficos expressos através de pintura, desenho, fotografia e foto-performance. Interessa pra artista a pesquisa de seus próprios emaranhados invisíveis que através da sua produção extravasam seu universo particular para uma leitura universal.

Trabalhou como arte educadora nos anos de 2007 a 2014 em Vinhedo, Campinas, Itatiba e São Sebastião. Fez parte, do projeto Fabulografias-Áfricas em cartões postais, como arte educadora, artista, curadora e produtora da exposição do projeto que ganhou o prêmio FICC - Campinas 2011. Aberta no SESC Campinas em 2011, na Casa do Lago - Unicamp em 2011 e no Rio de Janeiro (UFRJ) . Em 2016 e 2017 atuou com o Coletivo NU de apoio à economia criativa, fomentando Feiras de arte e economia criativa em São Sebastião e Ilhabela. Participou em 2020 da Exposição Feminino na Casa de Cultura de São Sebastião. Em Janeiro/ 2021 realizou Átrio, exposição individual on-line realizada através da lei Aldir Blanc. É colaboradora do acervo digital de arte Hipocampo desde 2018. Participou recentemente da Residência artística- Kaaysá Lab- no Kaaysá Art Residency/ São Sebastião - Julho 2021, sob curadoria de Márcio Harum. Em setembro de 2021, foi selecionada para o programa da Galeria Lux on-line do Espaço Lux de Arte. Fez parte do grupo de acompanhamento de portfólios de Julia Lima e Bruno Novaes. Destaque para as participações recentes no 17º -Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos (2021) e LAPSO 1 - no Centro Cultural Femea Fábrica / Campinas.